Nenhuma imagem disponível

O MSC Opera retoma o cronograma regular de navegação

MSC Cruzeiros  |  13 Jun, 2019


ATUALIZAÇÃO: 13 de junho de 2019 - 16:00 CET
 
A MSC Cruzeiros confirma que a MSC Opera deixará o Porto de Veneza na quinta-feira, 13 de junho, às 22:00 CET, para chegar a Bari no sábado de manhã. A partir de sábado, 15 de junho, o navio retomará seu itinerário regular de 7 noites e navegará de acordo com sua programação original.


++++++++++++++++++++++++++++  


ATUALIZAÇÃO: 06 de junho de 2019 - 17:00 CET


Após o incidente recente no Porto de Veneza, no domingo, 2 de junho, foi necessário que o MSC Opera passasse por alguns trabalhos de reparo. Embora esses trabalhos já tenham sido concluídos na segunda-feira, o navio ainda está aguardando a conclusão da investigação conduzida pelas autoridades.


Como esses procedimentos estão demorando alguns dias a mais do que o esperado originalmente, e sabemos que o navio não poderá partir a tempo para seu próximo cruzeiro, tomamos a difícil, mas necessária, decisão de cancelar o próximo cruzeiro saindo de Bari, em 8 de junho, e de Veneza, em 9 de junho.


O MSC Opera receberia 2.451 hóspedes de 53 países. Nós informamos nossos hóspedes e parceiros de negócios sobre o cancelamento, e estamos oferecendo várias opções alternativas, incluindo um reembolso total da tarifa do cruzeiro e despesas de viagem incorridas, bem como quaisquer serviços pré-pagos. Além disso, estamos oferecendo um desconto de 50% em um cruzeiro de 7 a 21 noites antes do final de 2020.


++++++++++++++++++++++++++++ 


ATUALIZAÇÃO: 04 de junho de 2019 - 14:00 CET
 
Dados os acontecimentos recentes, a MSC Cruzeiros está tomando uma série de medidas para os hóspedes do MSC Opera, que está em Veneza, para garantir que qualquer inconveniente ocorrido devido ao cancelamento do cruzeiro seja mínimo.

  • Todos os hóspedes receberão um reembolso total da tarifa do cruzeiro e de quaisquer serviços pré-pagos.
  • A MSC Cruzeiros está oferecendo ainda um desconto de 50% em um cruzeiro futuro antes do final de 2020. **
  • Os hóspedes que desejarem voltar para casa mais cedo do que o planejado originalmente, podem contar com nosso apoio para identificar um voo de retorno conveniente ou outro meio de transporte de volta para casa, quando aplicável.
  • Além disso, os hóspedes são bem-vindos, caso decidam ficar a bordo até a data prevista para o desembarque. Até lá, eles podem fazer uso das instalações do navio, como de entretenimento e restaurantes, já que estarão funcionando normalmente. Durante as refeições, bebidas - tanto alcoólicas como não alcoólicas – serão cortesias em todos os restaurantes a bordo.
  • Além dos traslados diários de barco para a Praça São Marcos, em Veneza, a MSC Cruzeiros também oferece traslados de barco para as belas ilhas Murano e Burano, a Praia de Jesolo e o shopping center Noventa Designer Outlet. Estes traslados de barco são oferecidos pela MSC Cruzeiros e são gratuitos.
 
Enquanto alguns hóspedes decidiram voltar para casa, a maioria dos hóspedes estão aproveitando a oportunidade de ficar em Veneza e explorar as ilhas ao redor.
** Baseado em uma tarifa somente cruzeiro (cruise-only). É válido para cruzeiros até dezembro de 2020, não tem valor em dinheiro e não é transferível, nem reembolsável. Este voucher pode ser aplicado em tarifas regulares de brochura ou de reservas antecipadas de cruise-only (somente o cruzeiro) de no mínimo 7 noites até um máximo de 21 noites e pode ser combinado com o desconto do MSC Voyagers Club.
 
++++++++++++++++++++++++++++
 
ATUALIZAÇÃO: 04 de junho de 2019 - 10:00 CET
 
A MSC Cruzeiros confirma que os trabalhos de soldagem e reparo foram concluídos. Após esses trabalhos, a inspeção do Controle de Estado do Porto está em andamento. Atualmente, assim como desde o início, a MSC Cruzeiros está trabalhando em estreita colaboração com as autoridades envolvidas.
++++++++++++++++++++++++++++
 
ATUALIZAÇÃO: 03 de junho de 2019 - 21:00 CET
 
A MSC Cruzeiros confirma que hoje cedo o comandante do MSC Opera e seu DPA receberam aviso da abertura de uma investigação pelo Gabinete do Procurador em Veneza. De acordo com a lei processual italiana, este aviso é um passo necessário para que o Promotor possa conduzir a pesquisa especializada programada para o final desta semana. O comandante e o DPA - assim como a Companhia em geral - estão cooperando plenamente com o Promotor e fornecendo todas as informações solicitadas, com o objetivo de excluir qualquer falha de sua parte.
 
O Procurador também notificou outros indivíduos, não ligados à MSC Cruzeiros, que também estiveram envolvidos nos eventos que levaram ao incidente de domingo.
 
++++++++++++++++++++++++++++
 
ATUALIZAÇÃO: 03 de junho de 2019 - 18:00 CET
Após o incidente de ontem envolvendo o MSC Opera em Veneza, no início dessa manhã, a MSC Cruzeiros recebeu permissão das autoridades para iniciar os trabalhos de reparo. O dano ao navio é limitado à parte mais externa do casco. Os trabalhos de soldagem estão sendo executados, mas, neste momento, o tempo estimado de conclusão destes trabalhos ainda está por ser determinado.
Ao mesmo tempo, a investigação das causas do incidente está demorando mais do que o esperado e, por esse motivo, é improvável que o navio parta hoje ou amanhã. Para este fim, desde o início, a MSC Cruzeiros tem trabalhado em estreita colaboração com as autoridades envolvidas, e ofereceu total cooperação, 24 horas por dia, para ajudar a estabelecer todos os fatos, assim como recuperar todos os dados técnicos.
Em conexão com o acima exposto, a MSC Cruzeiros tomou a decisão de cancelar o cruzeiro atual até o início do próximo e reembolsar cada passageiro o custo total do seu cruzeiro e quaisquer serviços pré-pagos.
O navio, no entanto, estará disponível para todos os passageiros que desejarem permanecer a bordo enquanto ele estiver em Veneza e até a data final prevista do seu cruzeiro. Todos os serviços e entretenimento a bordo continuarão a operar normalmente. Além disso, o serviço gratuito de transporte de barco de e para a Praça São Marcos, em Veneza, estará disponível para todos os passageiros.
Para os passageiros que preferirem deixar o navio hoje ou a qualquer momento e voltar para casa, a MSC Cruzeiros fornecerá toda a assistência necessária para o transporte e assumirá os custos.  
Para os passageiros que estavam previstos para desembarcarem em Bari no sábado, 8, que desejam permanecer a bordo, o navio está programado para sair de Veneza na sexta-feira, 7, e fazer escala em Bari no sábado. A partir daí o MSC Opera navegará conforme o cronograma.
 
# # #
 
ATUALIZAÇÃO: 02 de junho de 2019 - 20:00 CET
No início desta manhã, por volta das 8h30 CET, o MSC Opera apresentou um problema técnico enquanto manobrava em direção ao terminal de cruzeiros de Veneza para atracar. Embora o navio estivesse acompanhado de dois rebocadores, conforme exigido pelos procedimentos locais de segurança, e mesmo que o comandante tenha imediatamente realizado todos os procedimentos necessários, o navio colidiu com o cais em San Basilio. Isso também causou uma colisão com um barco, o River Countess, que estava atracado lá.
Enquanto a investigação para entender as causas exatas do acontecimento esteja em andamento, a MSC Cruzeiros está colaborando com as autoridades marítimas competentes. Logo após o incidente, a prioridade era primeiro garantir a segurança do barco e todos os seus passageiros e tripulantes. Posteriormente, o navio prosseguiu com o levantamento das âncoras que haviam sido baixadas para a água no momento do incidente, conforme procedimento em casos como este. Às 13:15 CET, o navio pode se mover para o terminal Marittima.
A MSC Cruzeiros está comprometida em oferecer seu total apoio a todas as pessoas envolvidas no incidente, começando com as pessoas do River Countess e sua proprietária, Uniworld, sua tripulação e todos os passageiros, especialmente os quatro passageiros que ficaram feridos. Enquanto duas pessoas já tiveram alta do hospital nesta tarde, duas outras pessoas ainda estão recebendo cuidados médicos. Estamos mantendo, através da Uniworld, um contato próximo com eles e temos uma equipe dedicada oferecendo assistência, se necessário.
No MSC Opera, não houve relatos de feridos.
Ao longo do processo e desde o primeiro momento, a empresa tem mantido contato constante com as autoridades locais e nacionais e oferecendo sua colaboração total.
O MSC Opera está agora atracado no terminal Marittima, onde as operações de desembarque e embarque de passageiros para o próximo cruzeiro estão acontecendo conforme planejado.